sexta-feira, 16 de Abril de 2010

Como se define obesidade?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade é uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde. A obesidade é uma doença crónica, é a doença nutricional mais prevalente a nível mundial e a epidemia do século XXI.

A obesidade e um acumulado de gordura excessivo no organismo, além da necessária. Teoricamente sempre que houver ingestão de alimentos a mais, vai haver um armazenamento de gorduras, calorias desnecessárias, para a actividade do ser humano. Estas gorduras vão-se acumulando no organismo provocando um aumento excessivo da sua massa corporal. Devido a falta de exercício físico pela parte das pessoas, e as facilidades que o homem moderno tem hoje em dia (carro, elevadores, escadas rolantes...) são factores que vão contribuir para o aumento de peso. Hoje em dia o ser humano tem uma vida muito ocupada, muitas vezes o stress, e a falta de tempo leva as pessoas a consumir os "fast foods", comidas com excessos de calorias e de fácil obtenção. A tradicional alimentação caseira e saudável, tem vindo a decair nos últimos anos e a ser substituída pelos "OGM "e pelos "fast foods", contribuindo para um aumento de peso da população mundial, sendo comprovado pelas últimas estatísticas, que a obesidade nos últimos anos tem vindo a aumentar, tendo mesmo ultrapassado a população subnutrição. A prevalência no nosso País para a obesidade é estimada em 13% para o sexo masculino e 15% para o sexo feminino. O grau de obesidade é avaliado em termos de Índice de Massa Corporal (IMC). Este índice medido em kg/m2 foi encontrado através de estudos de densitometria corporal, como o indicador mais preciso do grau de "gordura" para todas as alturas. Segundo a classificação do Instituto Nacional de Saúde Americano é recomendado que o IMC fosse usado para classificar a obesidade e estimar o risco relativo de doença comparado com as pessoas com peso normal.

Sem comentários:

Enviar um comentário